Geral

Projeto “Leite que Educa” vai premiar esculturas de material reciclável na Expoingá


O projeto “Leite que Educa” desenvolvido pela Sociedade Rural de Maringá, durante a Expoingá 2018, pretende chamar a atenção de crianças e jovens para os benefícios do leite para a saúde humana.

Por meio de um concurso de esculturas com material reciclável, que pode ser desde a caixinha tetra pack do leite, garrafas pet ou papelão, os professores deverão trabalhar o tema em sala de aula, fazendo com que os alunos conheçam mais sobre o leite e seus derivados como alimento importante para crianças, jovens e adultos.

O concurso, que conta com apoio do Núcleo Regional de Educação (NRE), Emater e Núcleo dos Produtores de Leite da região, é dirigido às escolas estaduais abrangidas pelo NRE e pretende atingir estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental II. A expectativa é que 118 escolas de 25 municípios participem.

O objetivo, além de elucidar a importância do leite, é valorizar a cadeia do leite e seus derivados, ilustrar a relevância do agronegócio leiteiro na economia da região e trabalhar a reciclagem de materiais como ferramenta para esculturas de arte.

Inscrições e participação

Para participar, as escolas deverão fazer inscrições de 26 de março a 20 de abril pelo site do projeto (www.expoinga.com.br/leitequeeduca). Os professores deverão trabalhar o tema em sala de aula, incentivar o debate no ambiente escolar e extraclasse e depois acompanhar os alunos na confecção das esculturas. Os trabalhos poderão ser feitos em grupos de 3 a 5 alunos e a escola deverá eleger ao final, apenas um para participar do concurso.

O trabalho escolhido deverá ser enviado à Sociedade Rural de Maringá até o dia 20 de abril com o comprovante de inscrição eletrônica da escola, placa devidamente identificada, com os nomes dos alunos do grupo participante.

Entre os trabalhos enviados pelas escolas, três serão classificados e expostos na Expoingá, de 3 a 13 de maio, para votação do público. O resultado da votação e premiação serão apresentados no dia 14 de maio, último dia do evento agropecuário.

Premiação

Os alunos autores dos três melhores trabalhos receberão os seguintes prêmios: 1º lugar: 01 bicicleta para cada aluno do grupo; 2º lugar: 01 tablet para cada aluno do grupo; 3º lugar: 01 fone de ouvido com bluetooth para cada aluno do grupo. O professor responsável pela orientação do grupo ganhador do primeiro lugar receberá um notebook.