Geral

Escolas de Marialva e da UEM ganham prêmio do “Leite que Educa”


A Escola Estadual Parigot de Souza, de Marialva, foi a vencedora do concurso “Leite que Educa”, desenvolvido como parte da programação da 46ª Expoingá. Em segundo lugar ficou o segunda-feira à tarde pelos diretores da Sociedade Rural de Maringá, responsável pelo projeto levado às escolas estaduais abrangidas pelo Núcleo Regional de Educação de Maringá.

Cada um dos cinco alunos que criaram a escultura “A Vaquinha Malhada do Alimento Saudável”, ganhadora do concurso, levou para casa uma bicicleta como prêmio. A professora orientadora, Nicesia Mara Lopes Delariça, ganhou um notebook. Já, os cinco alunos do grupo que ficou em segundo lugar, com a escultura “Mimosa Sustentável”, ganharam, cada um, um tablet.

O projeto teve a sustentabilidade como foco. A importância do leite na alimentação humana foi trabalhada como conteúdo em sala de aula e os alunos receberam incentivo para criar esculturas com material reciclável. A professora de artes Nicesia Mara disse que a proposta “casou” com o seu conteúdo do bimestre (que era a sustentabilidade) e assim foi fácil assimilar a proposta.

O projeto foi uma realização da Sociedade Rural de Maringá em parceria com o Núcleo Regional de Educação, Núcleo dos Produtores de Leite e Emater, com apoio da Unicesumar.